26 de julho de 2016

Projeto baratinho com suculentas


Quem acompanha o blog sabe que eu adoro suculentas. São fáceis de cultivar em apartamento, não crescem demasiadamente e nem tão rápido, e não necessitam de muita rega, ou seja, não fica aquela aguaceira em casa.

Então tenho um monte delas. E como essas plantinhas brotam como mato, vivem dando novas mudinhas.
Elas nascem tão pequeninas que dá pra fazer mini arranjos bem interessantes. Tem gente que até usa pra design de bijuterias, mas minha habilidade se restringe aos arranjos mesmo, ainda...


 Há umas semanas eu comprei mini-luminárias de ferro, à um precinho totalmente convidativo nessas lojas de coreanos que estão invadindo os as ruas de grande comércio das cidades, sabe? São lojas que vendem de tudo e então vale a pena sempre dar uma garimpada. O problema é que você compra hoje e a semana que vem não tem mais, mas em compensação, semana que vem tem novidades! 

Bom, voltando às luminárias, comprei sem muito objetivo, mas o preço era ótimo e elas, bem bonitinhas.


Ontem à noite eu achei uma utilidade pra elas. Podei minhas suculentas dos vasos mais antigos e elas estavam cheias de mudinhas. 

Então, fiz pequenos arranjos naquelas latinhas que vem com velas pra rechaud, sabe? 

Não fiz direto no suporte da própria luminária pra não correr o risco de enferrujá-la.

É só colocar terra e encostar a suculenta. Tem coisa mais fácil?







2 comentários:

  1. Adoro! Tudo quanto é mini suculentas resulta em qualquer coisa fofinha, de fácil manutenção e sempre é um organismo vivo que fica bem em qualquer recanto.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas plantinhas são muito versáteis mesmo, não?
      Ficam lindas em qualquer lugar...
      Beijos!

      Excluir

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)