29 de fevereiro de 2016

And the Oscar goes to...

And the Oscar goes to “Moderate Drinkers Wanted”



A Heineken está com uma campanha global que foge dos padrões tradicionais dos comerciais de cerveja, principalmente dos filmes publicitários normalmente vistos no Brasil, onde a maioria das marcas mais populares preferem explorar o ponto de vista masculino no momento de beber o "pão líquido".

Embalado pela canção de sucesso dos anos 80 “Holding out for a hero”, da cantora Bonnie Tyler’s, a campanha “Moderate Drinkers Wanted” ("Procura-se Bebedores Moderados”, em português) apresenta um comercial em que jovens garotas, na faixa etária da geração chamada ‘Millenials’, estão na noite dispostas a encontrar homens sóbrios e ignoram aqueles que exageraram no consumo de bebidas alcoólicas.

Criada pela Publicis Itália, a ação é veiculada em 30 países onde a marca está presente, inclusive no Brasil, onde a nova campanha conta com dois filmes criados pela Publicis Brasil inseridos na TV aberta, fechada e na internet. A ideia surgiu após uma pesquisa realizada com 5 mil consumidores de cervejas premium com idade entre 21 e 35 anos, que concluiu que o consumo responsável de bebidas é bem visto pela geração millenial.

É simplesmete fantástico, principalmente pela escolha da música (gosto da música e gosto das cenas abaixo, de Vida Bandida - minhas amigas que o digam! rsrs). Voltando ao comercial, mais uma vez um da Heineken entra pra minha lista de favoritos.

22 de fevereiro de 2016

Considerações sobre "A garota dinamarquesa"


The Danish Girl é um filme americano de drama-pseudo-biográfico dirigido por Tom Hooper, baseado no romance homônimo de David Ebershoff e vagamente inspirado na vida das pintoras dinamarquesas Lili Elbe e Gerda Wegener. A sinopse diz que se trata da "cinebiografia de Lili Elbe (Eddie Redmayne), que nasceu Einar Mogens Wegener e foi a primeira pessoa a se submeter a uma cirurgia de mudança de gênero. Em foco o relacionamento amoroso do pintor dinamarquês com Gerda (Alicia Vikander) e sua descoberta como mulher."

Para mim, a história é muito mais do que o drama de uma mulher que se descobre num corpo errado e arrisca a cirurgia de mudança de sexo. Em "A garota dinamarquesa", duas coisas me chamaram a atenção: a história de um amor incondicional e a atuação de Eddie Redmayne, que precisou usar muito o recurso da expressão corporal para dar vida à Lili.

Claro, não é a primeira vez que um ator homem interpreta uma mulher, mas no caso de Eddie, chama a atenção que pela segunda vez ele invoque tanta expressão corporal para viver um personagem. Quem assistiu "A teoria de tudo" o viu no impressionante papel do físico Stephen Hawking e sabe do que estou falando. Eddie é realmente espetacular, e merece o Oscar que já tem.

"A garota dinamarquesa" não entra para a minha lista de filmes favoritos, mas vale a pena ver. Vale muito a pena ver!

Berçário de suculentas


Todo mundo que cultiva suculentas sabe da dica que vou dar, mas tem sempre alguém que está começando e quer aprender mais.

Então vou contar uma coisa: suculentas são fáceis, fáceis, quase imortais, e se reproduzem mais que mato. Se destacamos suas pétalas e as deixamos alguns dias encostadas na terra, logo criam raízes e se tornam mudas novas.

Há pouco mais de dois meses, mais ou menos, coloquei pétalas de "Rabo de burro" e de "Echevéria" em pequenos vasos na parede da sacada do meu apartamento. Fotografei depois de alguns dias e elas já tinham pequenas mudinhas aparecendo. No segundo quadro da foto abaixo, dá pra ver a quantidade de raízes que se criaram em tão pouco tempo.  


Hoje fotografei de novo, e a evolução impressiona. Os vasos estão ficando cheios e logo vou ter que podar e usar as podas como novas mudas.




Para Isabela, uma aventura congelante

Isabela é uma linda menininha que completou 3 anos e escolheu, como tema pra sua festa, as princesas da animação Frozen, da Disney.

Decorei a festa dela, a pedido da mãe, e o resultado eu mostro aqui. 


Fiz duas mesas: uma principal, com o bolo, e outra somente com os doces. Por partes, a mesa principal:






 






 


 






E a mesa de doces







 







E depois de pronto, ficou assim:




 

17 de fevereiro de 2016

Vai ver se eu tô na esquina...

Não vou fazer aquele discurso conhecidíssimo de que mulher ganha menos que homem, ocupa cargos piores, têm jornada dupla, e todo o blá blá blá que já é figurinha conhecida na internet quando o assunto é machismo, mas... o que é isso?????


Depois de ser criticado nas redes sociais por utilizar modelos em trajes de banho durante o lançamento do seu novo uniforme, o Atlético terá de explicar mais uma polêmica envolvendo sua nova fornecedora de material esportivo.

Isso porque um dos modelos lançados na noite desta segunda (15) pela patrocinadora Dry World traz, na recomendação de lavagem, a sugestão de que a esposa deva lavar a camisa do torcedor: "Give it to your wife" (dê para sua esposa).

Ahãn...