8 de setembro de 2015

A força da gratidão, segundo a neurociência



Não quero escrever aqui sobre o poder do pensamento positivo, da gratidão e do exercício do amor ao próximo porque isso parece publicação "auto-ajuda" ou apologia à religiosidade.

A pegada é outra.

A força desses pensamentos - ou sentimentos - geram ondas eletromagnéticas, com comprovação que vem de diversos métodos propedêuticos e de diagnóstico feito por meio de tomografia magnética e eletroencefalograma, entre outros procedimentos.

Com a descoberta científica da dualidade onda-partícula do elétron, no ínício do século 20, comprovou-se o Princípio Hermético da Vibração onde se afirma que tudo no universo vibra. Sabendo que ondas e partículas são estados de um mesmo ser, a mecânica quântica nos diz que essas ondas, sob a ação consciente de um observador, se materializam. Esse processo se dá através da escolha das possibilidades quânticas, que os físicos chamam de “colapso de onda de possibilidade" - o Colapso Quântico!

Dá pra ler alguma fundamentação desse assunto na internet, mas os artigos são carregados de termos bem distantes do nosso universo lexical. Quem tiver paciência, ok. Quem não tiver, pode só assistir ao vídeo acima e tentar praticar o pensamento positivo e a gratidão como forma de se beneficiar. 

O que custa tentar, não é?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)