15 de abril de 2015

Soluções caseiras para pequenos problemas caseiros :: tirando os riscos da mesa da sala

Eu mudei pro meu apartamento há menos de um ano, e algumas coisas ainda estão pra ser ajeitadas. Todos os móveis que tenho são meus, exceto pela mesa da sala, que é da minha mãe, usada na área externa nos dias de churrasco na casa dela.

Por ter ficado na área externa, a mesa está bem judiadinha, mas tem quebrado meu galho até eu encontrar uma adequada ao meu cômodo: tenho uma sala pequena, e de decoração puxada pra rústica, então achar uma peça que se enquadre nisso não é muito fácil.

A mesa fica sempre coberta por uma toalha, e tem seus riscos e desgaste escondidos, e por isso não me incomoda. Mas eis que me deparei na internet com o que prometia ser a solução para a madeira esfolada ou riscada: óleo de nozes.

Já faz algum tempo que li sobre isso, mas só ontem testei, e olha a diferença...

antes
depois
Não sei por quanto tempo ela vai ficar ainda na minha sala, talvez uns dois ou três meses, mas enquanto isso tá melhorzinha e quando voltar pra casa dos meus pais, vai voltar bem menos riscada do que veio. 


Não ficou perfeita, claro, até porque estava bem feinha mesmo, e com mais de 20 anos de uso numa área desprotegida. Mesmo assim o teste vale a pena, porque imagino que pra salvar móveis que sofram riscos menores, dentro de casa, por acidente, o óleo de nozes resolve bem.

Como eu fiz? só esfreguei a noz com força contra a madeira, pra que soltasse o óleo, e quando percebia que já estava esgotada, pegava outro pedacinho e recomeçava. É rápido, porque nozes soltam seu óleo com facilidade. Não há nada que a internet não dê conta...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)