17 de março de 2015

A boa ajuda de John Lennon no resgate do meu "Anarquistas Graças a Deus"

Estávamos nós, comadres noveleiras que somos, no nosso grupo de jornalistas do Whatsap no maior papo calcinha e eis que em dado momento uma de nós posta a foto do casal Lennon e Yoko Ono, nus, lamentando a bundica de grilo da moça. Convenhamos, com o marido que ela tinha, não precisa nem de bunda, nem de nada... 

Mas voltemos aos fatos.

Uma outra integrante desse nosso grupo saiu em defesa dos atributos físicos do casal, dizendo que aquela foto estava distorcida e que além disso, de frente, a história era outra (beeeeeeeeeem outra). A defesa engrossou, baseada na "boa forma física" de John Lennon. Imagine cinco mulheres conversando e tire suas conclusões sobre a expressão "boa forma física".

Então, para acalorar o debate, a amiga em questão foi procurar seu exemplar da revista Rolling Stones, a fim de postar a foto que acabaria com a má impressão que a bunda de gaveta da Yoko Ono tinha nos causado (e aproveitar para conferir se sua defesa era justa). Mas daí eis que nessa procura, olha só o que ela achou: meu exemplar de Anarquistas Graças a Deus (Zélia Gattai), livro que já li duas vezes e que quero ler de novo.


Revirei minha casa, a casa da minha mãe, armários, becos, frestas e caixas. Nada! Achei que, pelo mau estado do livro (o que eu considero bonito, porque gosto dos livros manuseados), minha mãe já tinha dado cabo dele. Então mesmo contrariada, porque queria esse exemplar, especificamente, ampliei minha procura e corri livrarias e sebos. Nada também! Nem por encomenda. Já havia desistido.

Claro, sempre há o recurso de ler pela internet, mas eu não gosto nadinha... Eu gosto de sentir o livro, pegar, sentir o cheiro, ter. Na internet, nem procurei baixá-lo. Realmente havia desistido.

Mas agora ele está de novo entre os meus, e já já retomo essa leitura, porque nesse momento ando ocupada com "A Estrutura das Revoluções Científicas" (Thomas S. Kuhn). À propósito, alguém viu o meu "Evangelho segundo Jesus Cristo" (José Saramago)? Ele está na minha lista de releituras, se eu o encontrar.

Ah, antes de ir, pra quem ficou curioso sobre as fotos frente e verso do casal, não precisa correr pro Google. Posto aqui! Se bem que no Googlee tem a versão sem tarjas... rsrsrsrs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)