26 de janeiro de 2015

Testando receitas :: risoto de filé mignon com alcaparras


Eu queria muuuuuito saber cozinhar, entender os temperos, ter intuição pra culinária... Mas necas! Então, sigo receitas, observo, fuço... Na minha última viagem a Cambury tive o prazer de conhecer pessoas incríveis, e de comer comidinhas incríveis também. 

Uma delas foi o risoto de filé mignon, com alcaparras e cogumelos. 

Olha, é de comer rezando!! A receita me foi dada e gentilmente explicada. Não tinha vinho branco em casa e então usei o tinto. Como o prato é feito com carne vermelha, achei que daria certo. E deu! Ficou delicioso! Particularmente, não gosto do visual do risoto escuro, mas o vinho o deixa assim. Da próxima vez, terei o vinho branco, juro!  :)


Fácil, fácil de fazer e, do mesmo jeito que a receita foi compartilhada sem cerimônia lá, vou compartilhar aqui.



As quantidades variam de acordo com o gosto, então só vou citar os ingredientes que usei e como preparei. Primeiro, refoguei a carne na manteiga e no azeite, sem sal nem nada. Quando ela já estava dourando, acrescentei a cebola e deixei fritando até que os dois chegassem no ponto dourados. 

Enquanto isso, o caldo de carne deveria estar sendo preparado (eu já tinha caldo de carne, extraído de um cozimento que fiz em outra ocasião e congelado). Mas poderia ter sido feito com caldo em cubos. Daí, seriam 2 cubos de caldo de carne ou legumes na água fervente (fiz um copo de arroz, usei 2 copos de caldo de carne). Mantive o caldo fervendo em fogo baixo até o final do preparo da receita.

Bom, quando a carne e a cebola estavam bem douradinhos, acrescentei o arroz arbóreo e fritei por bastante tempo, sempre mexendo. Se o risoto tivesse levado vinho branco invés de vinho tinto, teria acrescentado um tomate pra dar uma corzinha, como me foi orientado.

Então coloquei um copo de vinho e mexi, mexi, mexi... até o vinho secar. A partir daí, fui colocando o caldo de carne que vinha sendo mantido fervendo. Isso deve ser feito aos poucos, e com uma mexidinha no refogado de vez em quando (quanto mais mexer, mais cremoso fica). Coloquei umas pitadas de pimenta do reino e ajustei o sal (mas com cuidado porque ao final, o risoto ainda recebe queijo parmesão). Coloquei, ainda, uma pimenta dedo de moça, fresca, cortada em rodelinhas pequenas. 

Juntando com o vinho, essa quantidade de caldo em que o arroz foi cozido é suficiente para o meu paladar - gosto do arroz al dente.

Então, coloquei um vidrinho pequeno de alcaparras e outro de champignons, misturei tudo e desliguei o fogo. Acrescentei queijo parmesão, salsinha picada finamente, mexi bem e... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)