16 de dezembro de 2014

Mais três filmes na minha lista

Há pouco mais de um mês eu fiz uma lista dos meus filmes prediletos. Lá constam 47 títulos de filmes que eu veria novamente, e novamente, e novamente, como de fato, alguns eu vejo, mas é claro que devem existir muitos outros, principalmente os vistos na infância, que eu não me lembrei de citar, como Marcelino Pão e Vinho, por exemplo.

E também depois da lista feita, outros nomes de incorporariam à ela, por terem sido vistos pós-rol. É o caso de "Os Intocáveis", do original "Intouchables", que vi ontem, e pelo qual estou apaixonada (nessa citada lista, o filme 32 tem o mesmo título, mas trata-se de outra obra).

Cena de "Intouchables"
O filme francês aborda a relação de um multimilionário tetraplégico e do seu peculiar auxiliar de enfermagem, baseado no livro autobiográfico de Philippe Pozzo di Borgo, Le Second Souffle. 

Baseado em fatos reais, Intouchables foi o filme mais visto na França em 2011 e é o mais rentável filme francês da história, cuja arrecadação da venda dos direitos de autor pela adaptação do livro ao cinema, cerca de US$ 650 mil, foi doada a uma associação de ajuda a deficientes físicos.

É muito bom, apesar de achar que algumas passagens são totalmente improváveis. Na verdade, sem ter lido o livro em que a história foi baseada, a impressão que se tem é a de que o filme é muito corrido, tudo acontece rápido demais. Isso não muda o fato de que o livro entra pra minha despretensiosa lista de predileções. Aproveito o post para incluir também "Antes de Partir", que já vi tem um tempão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)