1 de dezembro de 2014

Brincando de casinha :: mini quitutes pro aniversário da mamis

Desde que comprei uma formas pequenininhas para o uso na cozinha, ando brincando de casinha. Outro dia mesmo eu as usai pra fazer manjar e neste fim de semana, enformei cuscuz. 

Da primeira vez, antes do manjar, a tentativa foi com um pudim que não deu certo. Dessa vez, antes do cuscuz, tentei um kibe assado, e também não ficou lá essas coisas... Pelo menos não fiz como o pudim e tentei as 10 forminhas de uma vez. Com o kibe, testei apenas um, não curti, e o assei em bandeja grande mesmo.

O fato é que cheguei à conclusão de que tudo o que demanda forno pra ficar pronto, não rola nessas mini-forminhas. Pelo menos comigo, não rola. Já o que vai ao fogo antes de ir para a forma, e depois geladeira, aí sim fica fofo!!! Como no caso do manjar e do cuscuz.

Esses foram feitos pro aniversário da mamis. Olha só como ficaram... (o manjar eu já postei, e pode ser visto clicando aqui)



   


O kibe não fica com a apresentação tão bonita quanto o cuscuz. Creio que me falta algum segredo pra conseguir deixar, usando essas formas pequenininhas, pratos que vão ao forno tão bonitinhos quanto os que vão à geladeira. De qualquer forma, estava de comer rezando, de tão bom, e deixo a receita logo abaixo da foto. 

Na assadeira grande, retangular, ele fica mais bonito! :(


Pra quem quiser tentar, deixo a receita: 700gr de patinho moído, 500gr de trigo para kibe, 6 tabletes de caldo de carne, 2 cebolas picadas, 1 colher de pimenta síria, 6 dentes de alho amassados, 1/2 xícara de hortelã picada, 1 colher generosa de margarina e 6 copos de água.

Ferver a água junto com os cubos de caldo de carne, e despejar sobre o trigo. Esperar mais ou menos 1 hora, até que o trigo esteja hidratado, e juntar os outros ingredientes. O segredo é misturar, misturar, misturar, com a mão, até cansar. Cansou? misture mais um tiquinho... 

A receita foi passada da minha mãe pra mim, e ela não unta a assadeira pra assar o kibe. Eu unto, com margarina e farinha de rosca. E também recheio, com muçarela, e depois coloco porçõezinhas de margarina por cima, além da que já foi misturada na massa. Cubro com papel alumínio e forno!

Sirvo com Jajeh, que é um molho de coalhada (ou iogurte) com pepino. No de sábado, usei 2 copos de iogurte natural sem açúcar, de consistência firme, 2 pepinos sem casca e picados milimetricamente (tipo japonês), 2 dentes de alho espremidos (passados 2 vezes no espremedor) e 2 saquinhos de chá de hortelã (usei o chá porque TEM que ser feito com hortelã desidratada). Ajustei o sal e coloquei 2 cubos de gelo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)