25 de fevereiro de 2014

Como guardar algo emblemático sem parecer entulho

Eu acho muito legal ter peças na decoração de casa que remetam à infância ou à algo importante do meio em que se vive. Em sites e blogs de decoração, vejo ambientes muito modernos, porém com algo retrô inserido no contexto de forma muito harmoniosa. Faz mais sentido ainda quando a peça fez parte da história da família, da cidade, ou coisa que o valha. 

Com este fim, já recuperei um brinquedo, que não é meu, mas que ao ser devolvido foi parar numa estantezinha do quarto do seu dono. Também garimpei nas coisas do meu pai uma máquina fotográfica com mais de 40 anos, e tenho uns LP's com capas bem interessantes e intactas. 

Na última sexta-feira, porém, fui cobrir uma pauta e trouxe pra casa, escondidinho dentro da bolsa, um tijolo de barro que apanhei nos restos de demolição de um prédio que datava de 1884, na minha cidade, cujo destino inicial foi abrigar uma olaria e que depois se tornou sede da cerâmica Hervy. Um prédio de 130 anos que foi abaixo sem o menor dó. Fiquei comovida de ver aquilo tudo no chão, meio chorosa até, e já defendi em outro post a ideia de sua preservação. Enfim...


Levei o tijolo comigo sem saber bem o que faria com ele. Uma peça emblemática, sem dúvida. Mas feia, pesada e esfarelenta. Então, lá mesmo, mostrei pra uma amiga que prontamente me deu uma ideia de um mini jardim.

Nem vou explicar muito. Vou logo mostrar no que o tijolinho barrento de quase 2 kg se transformou.




O tijolo foi envernizado com verniz brilhante spray, para evitar que fique soltando pó e farelos de barro, e a terra foi preparada com uma mistura de areia fina, para melhorar a drenagem. A cova das plantas é bem rasa, porque usei o formato do próprio tijolo, sem esculpi-lo, então as plantinhas são bem pequenas e com raízes delicadas. As mudinhas foram contribuição das amigas Tica e Eliane.  :)



6 comentários:

  1. Voltei de viagem e encontrei várias novidades na sua vida, mas nenhum e-mail na minha caixa de entrada me contando da sua casa nova. Já mudou? Tem café lá? Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem café, mas já tem fogão pra fazer! kkkkk
      Você faz!

      Excluir
  2. Tão boa a ideia de aproveitar para um vasinho de suculentas, Parabéns, ficou muito mimoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Carla. A ideia foi da minha amiga, na verdade. Eu só executei!
      ;)

      Excluir
  3. paty você é a mina!!! eu que quase chorei... linda lembrança. cau

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)