3 de fevereiro de 2014

Beije muuuuuuuuito


Há 10 anos, quando entrevistei a atriz Vida Alves para o meu TCC sobre o surgimento da TV no Brasil, ela contou a respeito do seu pioneirismo nas telas na ocasião em que protagonizou um beijo na boca de Georgia Gomide. A cena caiu no esquecimento e suponho que tenha sido tanto pela pouca difusão, já que ter um aparelho de TV naquela época era luxo, quanto pelo tema velado que era a homossexualidade há 6 décadas.

Depois disso, em 1990, os atores Daniel Barcelos e Rai Alves encenaram um beijo gay na minissérie "Mãe de Santo", da extinta TV Manchete. Com alguns salpicos e selinhos cá e lá, durante esse tempo houve um ou outro beijinho, mas nada que repercutisse tanto quanto o beijo entre Félix (Mateus Solano) e Nico (Thiago Fragoso), no último capítulo de Amor à Vida.

Não sou nada fã dos temas abordados nas novelas da Globo, e acho que nesse caso, o que tem que se discutir não é a homossexualidade, e sim o combate à homofobia. É triste que um beijo gay ainda cause tamanha comoção popular. Tenho ouvido que a cena ganhou as redes sociais e que há tanto grupos comemorando, quanto nichos de pessoas repudiando a imagem.

Triste né? Porque ninguém se incomodava com as cenas entre o casal Patrícia (Maria Casadevall) e Michel (Caio Castro), na mesma novela, que eram muito mais agressivas e quentes? Porque ninguém se incomoda com o que virou o BBB, que já está sendo chamado de "a casa do sexo"?

Uma pena um beijo gay ainda causar tanto frisson. À propósito, a cena foi lindinha.

Um comentário:

  1. Foi linda mesmo. A cena do beijo e a cena final, do Felix e do pai na praia, valeram pela novela inteira...

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)