13 de janeiro de 2014

Cheiro de livraria


Para passar o tempo que iria ficar na estrada nesse fim de semana (10 horas pra ir, 10 pra voltar), comprei um livro. Isso a maioria das pessoas faz, nada demais. 

Mas, ao entrar na livraria, senti o cheiro inspirador do local. Não estou falando daquela pieguice de cheiro de cultura ou de saber. Refiro-me ao cheiro do papel novo, do livro ainda não manuseado, apesar de achar muito poético um livro puído pelo tempo e pelo uso, do cheiro da tinta que fica nas páginas, mas que saem com o tempo.

Cheiro de livraria é bom. Cheiro de livro novo é inconfundível.

Enquanto curtia isso, observei as pessoas à minha volta, e fiquei pensando em como livrarias são locais especiais. Perceba: ninguém entra com pressa ou por causa de uma promoção, o burburinho da loja não chega a incomodar, e é certamente um local para leitura e reflexão de trechos, ainda que não se compre absolutamente nada. Dotadas de um café, as livrarias ficam ainda mais charmosas.

Além disso, o ato de escolher um novo livro é seguramente uma decisão solitária, o que confere momentos intimistas que o dia-a-dia tem nos privado cada vez mais. 

Bom, talvez eu estivesse bastante sensível na ocasião, mas o fato é que o passeio à livraria foi inspirador. Quanto à minha escolha, comprei "A segunda vida de Francisco de Assis" - José Saramago - 1987 e, à propósito, não o levei na viagem porque esqueci. Mas levei a lembrança do cheiro. Na volta, também trouxe a lembrança, de outros cheiros, ainda melhores que os da livraria! :)

2 comentários:

  1. Alguém me falou que existe para comprar saches com fragrância de livro novo... Que loucura, não? =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bom... existe perfume de xixi!!! perfume de livro novo não é de se espantar!!! rsrsrs...

      Excluir

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)