11 de novembro de 2013

Sábado com ópera :: O Ouro do Reno

Mesmo tendo sido fantástica a récita de "O Ouro do Reno" no sábado, no Theatro Municipal de São Paulo, a ópera decepcionou um tantinho. Isso porque na véspera do espetáculo a diretoria do Theatro cancelou a montagem e decidiu apresentá-lo sob o formato de concerto. Não chega a causar frustração, mas com a montagem teria sido bem mais bonito.





Contudo, a ópera em si já é muito interessante. Das Rheingold (do compositor alemão Richard Wagner, é a primeira parte das quatro óperas que compõem a tetralogia Der Ring des Nibelungen (O Anel do Nibelungo). Sua estréia ocorreu no Teatro Nacional de Munique em 22 de setembro de 1869) é desafiante para os músicos da orquestra e o regente. Tendo apenas um ato, e com duas horas e quarenta de música contínua, é necessário bom senso para a distribuição de energia até o final. Se tivesse tido a montagem, também seria um desafio para os diretores de palco pela presença das profundezas do rio Reno, onde a primeira cena é ambientada, pela aparência fiel dos gigantes Fafner e Fasolt e pelos efeitos especiais das transformações de Alberich com seu elmo mágico.

A história lida com o tema da busca desmedida pelo poder, envolvendo a renúncia ao amor e contratos inadequados. 

As instalações do Theatro merecem um post à parte. Lindo, sempre!!

2 comentários:

  1. Tô achando que você tá ficando meio fresca!
    hahahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô achando que você tá ficando meio invejoso!
      hehe...
      Saudades de vc

      Excluir

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)