28 de novembro de 2013

Eliminando pragas de orquídeas

Sempre depois de um período de chuvas, noto a presença de visitantes no canteiro de flores da casa da minha mãe, do qual eu cuido com muito zelo. Tratam-se de pequenos caracóis, que eu nem ligava muito porque eu os acho até bonitinhos (apesar de muito nojentos) e além disso, minha sobrinha adora ver o "bichinho que carrega a casinha nas costas".

Sendo assim, sempre estamos a olhar por lá pra ver se encontramos algum entre as flores, e acabo os achando no meu vasinho de barro, onde tem uma orquídea ainda bem pequena. Esse recipiente é bem úmido, porque o barro puxa a água que tem dentro e mantém a muda sempre com a quantidade de rega certa.


Pois bem. Lendo um post do blog "paixão por orquídeas", descobri que os caramujinhos não ficam nesse vasinho por coincidência. Eles gostam de orquídeas, e são nocivos à planta, já que comem suas folhas e transmitem doenças. 



No post do referido blog, encontrei uma matéria ensinando a como eliminar essa praguinha do canteiro. Não fiz a receita porque não considero que no jardim haja uma infestação de caramujos. Eles são sazonais e não aparecem em grande quantidade. Então, tratei de retirar os que encontrei, e de guardar a matéria, caso precise me livrar de um exército de caracóis mais pra frente! Se interessar ler, clique na imagem para ampliá-la.


Um comentário:

  1. Patricia,
    Ficou ótima a matéria.
    Adorei tb a divulgação do meu blog.
    Beijinhos, Cynthia.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)