31 de outubro de 2013

Felicidade se mede em centímetros ?

O blog da revista Super Interessante trouxe uma matéria dizendo que, segundo pesquisas, pessoas altas são mais felizes. A coisa tá até ilustrada com gráficos. De acordo com a ilustração gráfica, minha altura me privilegia com a maior felicidade do planeta!!! Então tá, né... 

Do alto dos meus 1,72m pergunto: felicidade se mede em centímetros? Quero a minha em quilômetros...

Vou reproduzir a matéria na íntegra e postar link também. Da mesma série, vale a pena ler "Mulheres altas parecem mais inteligentes" e "De olho no rebolado". A partir do próximo parágrafo, o texto não é mais meu.

-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-

"Olha só, eis que felicidade também se mede em centímetros. Quem conta pra gente é o pessoal por trás da Gallup-Healthways Well-Being Index, uma pesquisa dos EUA que entrevistou mil adultos de lá todos os dias por três anos, registrando seus hábitos, status de saúde, estados emocionais e outros fatores relacionados à qualidade de vida.

Depois de compilar os dados, os pesquisadores constataram, entre outras tendências, que as pessoas altas vivem com mais bem-estar do que as baixinhas.

Mas quanto “mais bem-estar”? O blog Economix, do The New York Times, criou gráficos bonitinhos pra gente visualizar a coisa melhor.

Dá uma olhada. Na horizontal, está a altura, medida em polegadas (inches), no caso dos homens, indo de 1,63 m (64 in) a 1,93 m (76 in) e na vertical, o “índice de bem-estar”.


Basicamente, as colunas mais altas representam as pessoas mais felizes. Dá para ver no primeiro gráfico que os homens compridos são consistentemente mais felizes do que os baixinhos, e que o homem mais satisfeito com a vida é o que tem 1,91 m (75 in).

Entre as mulheres – agora o gráfico exibe de 1,47 m (58 in) a 1,83 m (72 in), a tendência também prevalece: as mais altas reportam mais bem-estar do que as baixinhas. Mas não é o caso de “quanto mais alta, mais feliz”: a partir de 1,83 m, a satisfação feminina vai caindo. Aparentemente, ser alta demais não cai muito bem para uma mulher. A mais feliz, segundo a pesquisa, é a que mede 1,73 m (68 in) (e usar salto alto não vai ajudar, viu?).

O pessoal da Gallup-Healthways só colheu os dados, então não há nenhuma explicação científica oficial para o “fenômeno”. Mas é fácil supor as razões, né? Acessibilidade, pra começar. Ser capaz de pegar um produto na prateleira mais alta do supermercado certamente faz o cara se sentir melhor consigo mesmo."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)