30 de setembro de 2013

Mulherzices :: reforma de sapato

Toda mulher tem um par de sapatos pelo qual lamenta o desgaste promovido pelo uso. Ou porque ele é muito bonito, muito funcional ou muito confortável. Pois bem - tenho um par de scarpins pretos que é o coringa do meu guarda-roupa, mas ele já está tão surrado, que achei que não tinha mais jeito. 

Para se ter ideia, quando eu estava fotografando para esse post, meu filho perguntou porque eu tirava fotos de sapatos que precisavam ir para o lixo!!

Bom, eu fotografava porque tentaria, pela segunda vez, dar uma cara nova ao parzinho. Não estou falando dessas reformas que os sapateiros fazem, de se trocar os saltinhos gastos, porque dessas os sapatos já viram muitas.

Estou falando de tentar recuperar a dignidade do modelito, porque o infeliz já estava bem sofrido.

Há algum tempo já havia dado uma repaginada no mesmo par de scarpins, e postado o resultado aqui no blog. Na ocasião, pintei o interior do calçado de preto, porque sua antiga cor aparecia quando eu os usava com meias. 

Acontece que essa tinta interior saiu toda no meu pé nas primeiras usadas após a reforma.





Então dessa vez, pintei os sapatos inteiros novamente de preto, e apliquei uma camada de verniz em spray.

À princípio, achei que com o movimento dos pés o verniz ia "craquelar", mas isso não aconteceu. O couro não perdeu a maleabilidade e o sapato continua confortável.

O verniz, além de proteger a pintura, evitará que a tinta saia toda no meu pé com o atrito do uso. Acho que nisso, dei jeito.

Não ficaram novos, óbvio, até porque eles já estão até deformadinhos pelo uso, mas dá pra mais um tempo. 

Olha aí o resultado, abaixo...






Esses lacinhos de metal eram um par de brincos com pedrinhas de strass. Um deles quebrou o pino que encaixa na orelha e eu os guardei com a intenção de usar em alguma peça. Ta aí: ganharam nova função!





26 de setembro de 2013

Primavera quase glacial

Na primeira semana de primavera, nossos termômetros estão baixinhos, baixinhos... Isso depois de um inverno quente de doer, com umidade do ar péssima. Ano passado foi a mesma coisa, e eu até fiz um post a respeito. 

Ontem a noite tivemos 8ºC. Isso é primavera pra Tulipa, e não pra flor brasileira... rsrsrs

Enquanto o calorzinho não chega ( e eu espero que demore mesmo), eu e a pequena passeamos no frio...


24 de setembro de 2013

"Imagine" em quadrinhos

Que legal!!!

 
 
 
 

Restaurante de passarinho



O comedouro para passarinhos da foto é recém-feito e ainda não vi as aves se banqueteando por lá.

A bem da verdade, eu o coloquei ontem à tarde no suporte, e só ouço pássaros pela manhã, então pode ser que eles tenham vindo hoje - não chequei, porque dormi demais, como sempre... ufffff!!!

Mas de qualquer forma, tomara que atraia os bichinhos para que fiquem alimentados e livres!!





23 de setembro de 2013

A mulher que inventou a beleza

O título desse post também é o título de um livro que ganhei por ocasião do meu aniversário. Só comecei a ler ontem, quando terminei um outro ao qual me dedicava. Já nas primeiras páginas, "A mulher que inventou a beleza - A vida de Helena Rubinstein", a obra me surpreendeu. Não é fútil, como se pode imaginar um livro que conta a biografia de alguém se dedicou aos cosméticos. Pelo contrário, a história prende como ficção.

Além disso, já li tanto a respeito da 2ª Guerra em livros, documentos e artigos, e também já vi tanto filme sobre o assunto, que a Polônia, de onde Helena é natural (aliás, ela se chama Chaja), e onde se passa parte de sua história, me parece até bem familiar. De cara, já me ambientei nas ruas de Cracóvia.

Helena Rubinstein foi uma mulher à frente de seu tempo, que soube dizer "não" às convenções e até agora, que já cheguei na metade do livro, com uma história muito interessante, tendo papel fundamental na luta da mulher por sua emancipação. Vale a pena ler.

A mulher que inventou a beleza - A vida de Helena Rubinstein, 370 páginas, Editora Objetiva.



17 de setembro de 2013

No combate aos malas !!

Tem homem que merece uma resposta dessas, não tem? Ahhhh, se tem...

Bom comercial 16 :: cerveja Guinness e cerveja Heineken

Faz um tempão que não posto nada sobre meus comerciais favoritos, porque não ando vendo na TV algo que me atraia. Mas daí, eis que coisas surpreendentes acontecem...

Espetaculares!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Guinness


Heineken

16 de setembro de 2013

Mulherzices :: sobre esmaltes importados



Muito de vez em quando eu posto alguma coisa sobre esmaltes, porque é gostoso ter ataque de mulherzice, às vezes. O post de hoje é sobre esmalte sim, mas na verdade, é pra falar sobre o preço deles!

Minha manicure está chique de doer! Essa semana, fiz as unhas com dois esmaltes que eu amei. A base foi um vinho bem queimado, da MAC (muito parecido com o Cereja, da Colorama), e depois usei uma cobertura com glitter, da Orly. O MAC custa R$ 59,00 o frasco. O Orly, R$ 40,00 (odeio esmalte com glitter, mas esse não é brega como os daqui).

Minha mãe também usou um dos importados pelo salão. Nas unhas, carrega essa semana um pink (praticamente igual ao 5ª Avenida, da Colorama), da Dolce & Gabanna, à R$ 90,00 o frasco.

Bom, vamos aos fatos! Os esmaltes são lindos, tem excelente cobertura e fixação. Não perde o brilho e não descasca. O rendimento também parece ser uma vantagem. Mas toda mulher gosta de fazer as unhas com certa frequência, e a mudança de cor é um dos atrativos desse cuidado com as mãos. Sendo assim, não adianta muito um esmalte durar 20 dias na unha se a gente quer mudar a cor toda semana. E, para uma semana, os esmaltes brasileiros aguentam bem, à R$ 3,00 o frasco.

Sendo assim, me rendo aos encantos dos importados, mas confesso que só uso porque tem no salão que eu frequento. Acho que não vale o preço e não compraria!


A prenda desse ano :: Bingo beneficente

Todos os anos meus pais ajudam na organização de um bingo beneficente em prol das crianças de uma comunidade bem carente que foi adotada por amigas nossas. Quando vai chegando perto da data, minha mãe fica às voltas com a arredação de prendas (porque o prêmio do bingo é uma parte da renda obtida com a venda de cartelas, mas nas rodadas intermediárias, são bingadas as doações de todo tipo).

Esse ano, doei uma peça feita por mim, porque achei mais carinho que comprar algo. Olha como ficou...




A banda mais bonita da cidade

"A banda mais bonita da cidade" é, de fato, muito bonitinha. No show, gente de toda a idade - dos 8 aos 80! - mas claro, como era de se esperar, a maioria do público era bem teen. 

De qualquer forma, valeu a pena pela letrinha de "Oração", uma canção tão simples e tão fofa...

Me faz lembrar o que meu amigo LuiZ, assim mesmo, com "Z" maiúsculo (que ele faz questão), me disse há uns 20 anos, quando ouvíamos "Noiva", de Belchior: "Como uma coisa tão simples pode ser tão bonita?!!"

"Oração" é quase infantil de tão simples, mas é tãããão linda...  :)





13 de setembro de 2013

Poesia para encarar a sexta-feira 13


sexta-feira
cinza

quantas vezes
vais ser treze?

quantas horas
têm seus meses?

quantas quintas
vão ser trinta?

quantas segundas
nem são nunca?

quantas quartas
infinitas?

Paulo Leminski

10 de setembro de 2013

O que um virginiano faz quando tem insônia ?

Às vésperas de me mudar de casa, quase tudo o que tenho está encaixotado. Com os meus livros, também é assim. Mas de vez em quando eu dou uma olhada, a fim de inventariar os títulos que tenho. São mais de 200...

Adoro tê-los. Não sou do tipo que acha que o livro, uma vez lido, deve ser doado à outra pessoa para que seja disseminado. Infelizmente, sou apegada aos meus! Mas também não ligo de emprestá-los, desde que me devolvam, e não ligo se eles voltam com algum dano, porque reconheço que o manuseio causa isso mesmo. 

Mas de qualquer forma, tento cuidar bem dos meus. Essa noite, em uma crise de insônia (elas estão cada vez mais raras, mas ainda acontecem vez ou outra), invés de ficar horas em frente à TV ou fritar como uma sardinha na cama, eu cacei o que fazer.

O resultado, às 4h20 da manhã, foi 17 livros encapados e um bela dor nas costas! Mas valeu a pena: ficaram como novos (ou quase isso!). Quase todos os outros que tenho já estão encapados.



5 de setembro de 2013

Luminárias muito legais para quarto de menino (ou homem)

Crianças, super-heróis, histórias em quadrinhos, filmes, luzes auxiliares que evitam medos noturnos. Junte tudo isto e você tem a fantástica série Super Hero 3D Nightlights! A turma da Marvel foi transformada em luminárias de parede, daquelas que se mantêm acesas durante a noite, ajudando a caminhar, a evitar o bicho-papão e em último caso, a encontrar a cama dos pais. O legal é que cada uma vem acompanhada de um "adesivo-rachadura", o que garante o efeito visual ainda mais bacana. São vários modelos como o escudo do Capitão América, o punho fechado do Hulk e o martelo do Thor. Cada uma sai por U$ 29,90 e pode ser comprada pelo link do site target.com.

É muito legal!!!












3 de setembro de 2013

II Salão Nacional do Jornalista Escritor

Com a participação de consagrados autores nacionais começa nesta sexta-feira, 6, no Memorial da América Latina, o II Salão do Jornalista Escritor, que terá como tema o Livro-Reportagem. O encontro é aberto ao público em geral, que poderá participar dos debates/entrevistas entre os jornalistas escritores.

A sessão inaugural será às 10h no Auditório Simón Bolivar, com a abertura da exposição A História da UBE e homenagem a Graciliano Ramos pelos 80 anos de Caetés, seu primeiro romance.

Vamos?