26 de agosto de 2013

Coisas boas de hoje e de ontem...

"Ainda tenho uma boa quantidade de discos em vinil. 
Às vezes sinto saudades do crepitar de fogo do vinil. 
Sem ele, algumas músicas do Miles Davis não funcionam. 
Mas posso falar o dia todo e ele não vai entender".

As pessoas não vão entender esse post mas mesmo assim eu vou postar...

Pode parecer um recado, e mesmo assim eu vou postar...

Não se trata de nada disso!! É apenas uma lembrança que tive acerca de um presente que dei, e que quis deixar registrado aqui. O presente não foi dado hoje, nem ontem, nem na semana passada. Mas a recordação me veio à tona por causa do que eu li na página 43, de "O Ciclista", livro que me foi indicado por uma pessoa especial.

Pena que, ingenuamente, errei no presente, já que todos os 6 CDs do Miles não tinham um sequer crepitar do vinil... Mas dei com carinho!

E então, tudo nesse post, ou nessa lembrança, ficou bom na minha cabeça... 

A propósito, o livro é bom! Aprovei a indicação...


7 comentários:

  1. O presente teria sido bom até se fosse em MP3.
    6 CD's? Porque não deu 3 pra mim?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk
      Porque os 6 tinham dono, bocózinho...
      bj

      Excluir
  2. Respostas
    1. Sim senhora.
      Estou quaaase terminando e então te empresto.

      Excluir
  3. Ledo engano. Em algumas faixas dos CD´s da coleção citada (Miles Davis - Original Album Series) ouve-se o crepitar do vinil. Um exemplo está no disco Doo Bop de 1992 na faixa 01 - Mistery e 09 - Mistery (reprise).
    Basta prestar atenção a partir dos 00:19 (01) e aos 39:16 (09).
    Aproveita e aumenta o som.

    http://youtu.be/6hoPqFiH6sg

    Logo, você não errou no presente! Miles sempre funciona...
    Bleh! :P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então menos mal...
      E tem razão. Agora, prestando atenção, ouve-se sim o crepitar...
      Mas de qualquer forma, se não houvesse crepitar nos CD´s do Miles, talvez a falha fosse compensada pelo vinil dos Beatles!
      Estaria perdoada, suponho...
      :)

      Excluir

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)