25 de abril de 2013

O lado puro da sacanagem

Passeando pela internet vi uma notícia, no mínimo, curiosa, e fui pesquisar sobre o tema, quando tive a surpresa de saber que o assunto é mais corriqueiro do que eu pensava: sex shop gospel.

Como assim? Será que é aquele lance de transar cobertos com lençol com buraquinhos? Li algumas matérias a respeito e o que mais me chamou a atenção é que, em sua maioria, os donos dessas lojas - geralmente virtuais - dizem não vender artigos para homossexuais ou para casais solteiros.

Peraí... Como faz então? Tem que apresentar certidão de casamento?

Bom, burocracias a parte, fui espiar o que tem pra vender na loja. Pra quem espera uma coisa mais hardcore, pode colocar o cavalinho na chuva (ou na cama), porque no sex shop gospel não tem nada muito exótico, e nem muito erótico também, diga-se de passagem...

Tem o básico.

Rí do dadinho, que todo mundo conhece, mas que na versão gospel eu esperava outra coisa...

As inscrições não tinham que ser "ler o salmo 23"?

ou...

"não cobiçaras a mulher do próximo"? - principalmente quando o próximo, estiver próximo... kkkkk

É... tem público pra tudo!

3 comentários:

  1. Eu tenho um dado gospel.
    No meu tá inscrito "Crescei-vos e multiplicai-vos"!
    hahaha

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)