26 de fevereiro de 2013

Um tapinha não dói

Em outubro do ano passado li o insuportável "50 tons de cinza". Fui resistente, li até o final e não recomendo a ninguém. Minhas considerações sobre o livro estão no post "Acerca de 50 tons de cinza". 

Uma amiga me disse horrores quando leu minha postagem sobre a "obra", e disse que só não comentou aqui no blog para não ser indelicada (a julgar pelas coisas que me falou, teria sido, de fato, indelicada! kkkk).

Bom, ela tem o direito de gostar do livro, claro, e eu, de não gostar. Viva a democracia, o senso crítico, o gosto pessoal e o que mais envolver essa questão.

Só retomei o assunto porque hoje recebi, por e-mail, uma imagem que me fez rir. 

Tá ai...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)