24 de outubro de 2012

Feia, mas legal


Popularmente conhecida como “cara de macaco”, a orquídea drácula simia tem todas as feições de um primata: olhos, nariz, boca e uma juba. Pouco conhecida, a raridade cresce em áreas de difícil acesso, a uma altitude de mil a dois mil metros, nas selvas equatoriana e peruana. Apesar de outras espécies também serem conhecidas como orquídea macaco, a simia é a que possui a semelhança mais espetacular.

Geralmente são plantas que precisam de umidade constante nas raízes, temperatura sempre inferior a 25 graus e baixa luminosidade, então seu cultivo é mais indicado para locais frios. São plantas que crescem muito bem e com facilidade formando grandes touceiras quando as citadas condições são atendidas. Por outro lado são muito delicadas e de maneira nenhuma toleram seca e calor, uma semana de calor ou seca écapaz de acabar com uma enorme planta cultivada adequadamente por muitos anos. Um dia de calor excessivo faz também que todos os botões e flores murchem imediatamente.

São feinhas, mas não são muito interessantes?



E, se a flor pode se parecer com um bicho, o bicho também quis se parecer com a flor...

Esse inseto é chamado de louva-a-deus orquídea, e nem preciso explicar o motivo. Natural da Tailândia e Malásia, ele é um mestre na arte da camuflagem. Chega até a ser bonitinho, mas eu não gostaria de encontrar um nas minhas plantinhas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)