15 de outubro de 2012

Em manutenção

Eu queria, só nesses dias,
estar sozinha,
ficar sozinha,
falar sozinha,
cantar sozinha,
não ter que sorrir,
nem me desculpar pelas farpas que ando soltando.
Queria estar onde ninguém me conhece,
onde não saibam que meu jeito, de fato, não é esse
para que não me estranhassem.
Tudo isso ao mesmo tempo em que sei
que um colo não me faria mal.
E queria, sobretudo,
não ferir as pessoas que eu amo.
Perdoem-me e se puderem, relevem.
Acho que preciso fechar para balanço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)