17 de setembro de 2012

Daninhas danadinhas

Falta uma semana para o fim do inverno e a temperatura deveria estar amena, quase quentinha, e não nível "bola de fogo" como tem feito todos os dias. O domingo não foi diferente. Estava quente, fervendo, e eu aproveitei para recuperar o canteiro de flores que temos no quintal de casa.

Ele foi feito com terra muito boa, de excelente compostagem. O problema é que, invariavelmente, está tomado de ervas daninhas, e vira um matagal daqueles. Isso acontece muito rápido e, por esse motivo, o canteiro fica feio com muita frequência.





A limpeza é trabalhosa e demorada porque essas ervas que nascem igual praga tem raízes bem fininhas e, em tamanha quantidade, que o serviço não rende...










no meio da faxina encontrei suculentas que não foram plantadas por mim, e imagino que tenha brotado de alguma mudinha misturada na compostagem. Mantive no canteiro, claro...





...e também me surpreendi com mais uma orquídea que resolveu nos brindar com o seu botão. Esse mês, elas resolveram aparecer por aqui, em nossos vasos... Isso, pelo menos aqui em casa, é incomum. Trouxe algumas mudas de uma viagem que fiz a Cambury há algum tempo e só agora vi florescer.




E depois de horas... bem, depois de horas, eu continuava a tirar punhados de ervas daninhas do canteiro.


Pronto! Nossa área externa está pronta para a chegada da primavera... Hoje o canteiro está limpo. Daqui a algumas semanas, espero que esteja florido!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)