23 de agosto de 2012

Gosto de liberdade

Depois de meses de restrição alcoólica, bebi um tiquinho ontem. Veio o primeiro chopp, o segundo, o terceiro... bom, melhor parar a contagem, já que isso não vem ao caso. O que de fato importou, na ocasião, foi o gosto de liberdade que o chopp teve. Isso porque, quando se pode beber, se bebe, e pronto. Simples assim! Toma-se quando quer e o quanto quer. 

Nunca fui de beber muito, mas parece que quando é proibido, aí é que a vontade fica latente. Ontem foi assim: eu PUDE beber, e então o chopp teve gosto de liberdade. Estava liberta da restrição. Pena que é temporário... Já, já tenho que acatar à restrição novamente.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!

Após escrever seu comentário, clique em "comentar como". Vai aparecer uma lista de opções e se você não for usuário de nenhuma delas, clique em "nome/URL". Apenas escreva seu nome. O campo URL é opcional, e nele é preenchido o endereço do seu blog ou site, caso tenha.

Depois é só clicar em "continuar" e em "publicar" (às vezes o sistema pede pra você provar que não é um robô, daí é só clicar no quadradinho, tá?).

Vou adorar ler o que tem para compartilhar comigo... :)